Depois de todas as tempestades e naufrágios, o que fica em mim é cada vez mais essencial e verdadeiro. Caio F.

segunda-feira, 18 de abril de 2011




Nenhum comentário:

Postar um comentário